Vila Real Capital da Cultura do Eixo Atlântico em 2016



Os concelho de Matosinhos e Vila Real vão partilhar em 2016 o estatuto de Capital da Cultura do Eixo Atlântico, que em 2012 coube a Ourense e que, em edições anteriores, já tinha beneficiado V. N. de Gaia e Viana do Castelo

O Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular, uma organização que engloba 38 autarquias do Norte de Portugal e da Galiza e que visa aprofundar as relações entre ambas as regiões, estreou estas capitais da cultura em 2009, com Vila Nova de Gaia, tendo-se seguido Viana do Castelo em 2011. Orense foi até agora o único concelho espanhol a usufruir deste programa comum.

A par do programa cultural propriamente dito, que passará bastante pelas estruturas já existentes no concelho, mas que incluirá também várias expoisções vindas de instituições galegas, este plano de requalificação permitirá potenciar esta Capital da Cultura do ponto de vista da atracção turística e da economia, acredita Guilherme Pinto.

O acolhimento de espectáculos teatrais de companhias galegas em itinerância do Fazer a Festa ou do FITEI - Festival Internacional de Teatro de Expressão Ibérica e 15 exposições de artes plásticas, fotografia e design, algumas das quais organizadas em colaboração com algumas instituições de referência da Galiza, são exemplos das acções planeadas para 2016, a par da edição de livros e da realização de conferências relacionadas com o papel dos Caminhos de Santiago na consolidação de uma identidade luso-galaica e europeia.

Poderá ler a notícia na integra em: Jornal Público
Com tecnologia do Blogger.